sexta-feira, 22 de maio de 2015

Armar ou desarmar, eis a questão!

Nos últimos dias temos acompanhado, nas redes sociais e na mídia, o ressurgimento de uma falsa polêmica, que a todo custo a esquerda mal intencionada deste pais tenta requentar.
Não poupam esforços, convocam “grupos de discussão” composto por simpatizantes do desarmamento, com “intelectuais  orgânicos” e jornalistas da esquerda cumprindo a tarefa de desinformar e distorcer a realidade, tentando desesperadamente angariar apoio popular para o desarmamento.
Tivessem eles um mínimo de respeito pela democracia, calariam sua boca, em respeito pelo referendo no qual o povo brasileiro recusou o desarmamento!
Eles simplesmente ignoram estatísticas, e quando as usam, distorcem! Em nenhum lugar do mundo, e já tentaram em vários, o desarmamento resultou em diminuição de crimes violentos, pelo contrário, tem sido sempre seguido de um aumento nesse tipo de ocorrência!

Podemos até afirmar, sem muito medo de incorrer em erro, que a criminalidade é inversamente proporcional  ao número de armas em poder da população...