segunda-feira, 24 de agosto de 2015

 Esse é somente para aqueles que creem! se você é ateu, não leia!

Antonio Gramsci, um homem de Belial
Ouvi hoje, pela manhã, naquelas poucas horas que dedico a estar, unicamente, voltado para a adoração Daquele que É, uma referencia ao “homem de Belial” e sem nenhum esforço, nem desejo, já que não estava ali para isso, me veio à mente uma relação entre Antonio Gramsci, pai da Revolução cultural marxista, autor da transformação lenta e gradual da nossa cosmo visão, que no passado era baseada em conceitos judaicos cristãos para essa nova maneira de ver o mundo, cada vez mais hegemônica em nosso meio, que é hedonista, e tem por base, não mais a Lei e a Vontade de Deus, mas a vontade e as decisões humanas, tirando assim, de Seu trono, o Senhor Criador, e colocando (ou pretendendo colocar) em seu lugar o homem.
Como podemos ver em Provérbios 6. 12-19 e segundo o comentarista Bíblico Matthew Henry, o “homem de belial” segue o seguinte “modelo”:
1- Planeja fazer o mal, e de forma sutil e inteligente espalha o seu fel.
2-  É um homem ímpio, portanto, seu plano é fazer o mal, principalmente com sua língua.
3- É uma pessoa perversa.
Segundo o comentarista bíblico, Matthew Henry, sete abominações são produzidas pelo “homem de belial”, sete coisas que Deus odeia: Dessas, seis aborrecem ao Senhor, e a sétima sua alma abomina.
Vamos começar, para os não acostumados com a Palavra, por esclarecer o que é o “homem de Belial” de que falamos. Vamos ver referencia a ele em “Provérbios, 6. 12 – 19.
12 O homem mau, o homem iníquo tem a boca pervertida.
13 Acena com os olhos, fala com os pés e faz sinais com os dedos.
14 Há no seu coração perversidade, todo o tempo maquina o mal; anda semeando contendas.
15 Por isso a sua destruição virá repentinamente; subitamente será quebrantado, sem que haja cura.
16 Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina:
17 Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,
18 O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal,
19 A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.

Belial[1] é um personagem da mitologia cananita que determinava este Belial como o adversário do povo "escolhido". É o 68º espírito listado na Goetia. No Cristianismo Belial é mencionado também no novo  testamento como o oposto da luz, do bem e de Jesus Cristo. Seria o mais importante demônio na Terra, que comandava as forças da escuridão contra os homens de bom coração. Criado junto com Lúcifer, de Belial foi dito - Um rei do inferno - e comandante de 80 legiões.
E agora, tendo uma noção do que é um “homem de belial”, e tendo eu chamado Antonio Gramsci, “guru” principal dos marxistas, seja La de que tipo de marxista for, vamos conferir, para ver se ele realmente se enquadra nessa classificação, se suas ações, suas recomendações, seus ensinamentos, correspondem, de fato aos que teria o “homem de belial”. (o “homem de belial” pode set entendido como a antítese do Cristo, tem todas as qualidades invertidas, contrárias às do Salvador! O Senhor é o caminho, a verdade e a vida, e ninguém vai ao Pai senão por Ele, já o seu oposto, esse de que falamos, é o descaminho, a mentira e a morte, e ninguém jamais encontrará o Pai através dele...)
Eu coloquei, no canal do Youtube, (https://www.youtube.com/user/atalaiascristaos) dois vídeos sobre Gramsci e sua obra, a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=tN56FpDYFzQ
o primeiro, alem de uma aula excelente sobre Gramsci, tem também uma palestra da Professora Graça Salgueiro, sobre o Foro de S. P., o segundo, apos uma introdução minha, que é um recado aos lideres das igrejas, tem essa aula sobre Antonio Gramsci e sua obra.

Certamente, esses autores são muito mais qualificados que eu para ensinar sobre esses temas, vou, portanto deixar para eles essa tarefa. São vídeos relativamente curtos, mas essenciais para compreender as alterções sofridas pelo mundo nos últimos 60 anos. Eu, que já vivi 66 desses anos, pude observar essas alterações, e tudo de deletério que introduziram em nossa sociedade. Assistam os vídeos, e entenderão por que eu chamo Antonio Gramsci de “um homem de belial”