quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Lula, faça algo útil pelo país: denuncie-se e seja preso.

Tudo que o Sr. Podia fazer de mal, de danoso, já fez, então, se quer ser ainda lembrado com algum respeito pelo povo brasileiro,que no passado, depositou no Sr. As esperanças de um país mais justo, mais limpo, e hoje, estupefato, vê a nação submetida à vergonha da exposição pública da corrupção instalada nas instituições republicanas pelo Sr. E sua quadrilha.


Getúlio, por bem menos, “saiu da vida para entrar na história”; Eu, como cristão,(que o Sr. Não é) não posso recomendar ao Sr. O mesmo gesto de Getúlio, mas, o Sr. pode, e deveria, se lhe resta um mínimo resquício de vergonha, cometer o suicídio político, declarando sua culpa, confessando seus crimes, e retirando-se definitivamente, junto com sua quadrilha, do cenário político desse país!
Ainda lembro do homem, a quem dei no passado o voto e a militância, que apontava a corrupção e as “maracutaias” (lembra do termo? ) Dos outros! Será que, por baixo de toda a lama e opróbrio de que se cobriu o PT e sua figura pessoal, ainda existe algum resquício da pretensa  honradez e retidão, daquele que chamou o congresso nacional de “picaretas”?

Se aquele Lula do passado era minimamente verdadeiro, prove! Procure o juiz Sergio Moro, e entregue-se nas mãos da justiça, terá assim, “saído da lama para entrar na história”, não como herói, mas como cidadão que errou,  cujo arrependimento  e retratação lhe dara, no mínimo, direito ao esquecimento.

Gil Celidonio Jr.

Matéria relacionada do @muylaerte  http://sintesenews.blogspot.com.br/2015/08/a-importancia-da-prisao-de-lula-para-o.html