quinta-feira, 16 de julho de 2015

Perdeu, Cardozão! Cai fora!



Deu na globo, no bom dia Brasil, trechos comentados das respostas dadas pelo ministro da justiça às perguntas La no congresso. Francamente? Perdeu Cardozão! A quem Vossa Sra. Pretende convencer com esse papo aranha?
Claro, pra que se possa acusar alguém de prática de crime, é preciso que o réu tenha conhecimento do ilícito praticado! Será? Então, vejamos:
1 – É realmente razoável supor que Dilma, e antes dela o Lula, que nomearam os ministros e os diretores das estatais envolvidos na cobrança de propina, que claramente foram usadas para financiamento de campanha, numa operação cruzada das mais descaradas, não sabiam de nada? Nem são eles responsáveis pelas nomeações que fizeram?
2 – Mudaram a regra jurídica? Agora é possível alegar desconhecimento da lei? No meu tempo de faculdade de direito, aprendi que não! Assim sendo, e se continua o direito como era, nesse caso, então, pouco importa se sabiam ou não! Eram responsáveis, inclusive por saber, paguem portanto o preço da “ignorância”!

É compreensível que o ministro Cardoso defenda a presidente que o nomeou, e o fez até com certa elegância! Mas, desculpa, Sr. Ministro! Não cola! E ai daquele parlamentar que for cara de pau o suficiente para fazer de conta que acreditou nessa balela! Vai ser defenestrado pelo eleitorado, sem vacilo nenhum. O brasileiro, (pelo menos os 90% que hoje repudiam a Dilma e o PT) já não acreditam no ParTido, enjoaram do relativismo moral praticado pelo seu grupelho, não voltarão a acreditar nas alegações da facção bolivariana, socialista e radical que os Srs. representam.
Resumindo Sr.  Ministro, como dizem os “manos” que seu partido diz amar tanto, PERDEU!!


Gil Celidonio Jr.
O zumbido da mosca

16/07/2015