segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Nesse governo tem muito “migué”!




Levy- migué, é só um deles! Mas a miguelice começa na presidanta, e vai se espalhando por todo o governo, até o último dos barnabés!
Não entenderam? Então, eu explico, se necessário, desenho!
“dar uma de migué!” expressão que significa fazer de conta que não entendeu. Entendeu? Migué!
Então vamos começar por tentar explicar: Diante da insistência do governo, que quer, a todo custo, repassar a conta do estrago que ele, governo, causou, por irresponsabilidade, para conseguir uma reeleição a qualquer custo, eu continuo insistindo no seguinte ponto; É evidente que a conta deve ser paga pela nação, que somos nós. Se um cataclismo tivesse se abatido sobre o país, seriamos nós que teríamos que pagar pela reconstrução. Se uma epidemia terrível nos abatesse, seria também nosso encargo, passada a peste, recompor o pais.
Mas, não foi nenhum fenômeno natural, nenhuma praga, peste ou acidente nuclear que nos atingiu, foi ação intencional, criminosa, pré concebida, dolosa que nos atingiu, e tem autor conhecido, culpado já investigado e sendo julgado, e embora nem metade das apurações já tenham produzido seus frutos, ninguém mais duvida, 93% da nação esta convencida e certa da autoria da desgraça que se abateu sobre a nação, infelicitando milhões de famílias, destruindo o futuro de milhares, milhões de cidadãos, de jovens, que precisavam do progresso da nossa economia para poder  usufruir de um futuro minimamente decente!
Como então esse governo cara de pau tem a audácia de dizer que o povo deve arcar com o ônus da recuperação, enquanto os culpados, não só continuam nas mesmas posições, como ainda mantém uma absurda e perdulária máquina, com 39 ministérios e mais de uma centena de milhar de apaniguados, mamando nas tetas da pátria?
Acho que eles estão convencidos que dirigem uma nação de idiotas! Gente acarneirada, sem brio, incapaz de reagir, seja La qual for o abuso contra eles praticado!
Será que eles estão certos? Cidadãos engabelados desse triste país! Seremos todos nós um bando de estúpidos e incapazes?
Se somos assim, meus pêsames! Nosso destino esta decidido, e não é nada risonho: Nossos filhos e netos estão destinados à escravidão!
Como não coloquei filhos no mundo para que sejam escravos de ninguém, e ainda quero ver meus netos livres e felizes, não posso aceitar passivamente que me imponham esse destino, sem lutar contra essa quadrilha que se encastelou no poder.
Pago o preço que for preciso, arco com a minha cota de sacrifício, mas não antes de ver esses canalhas que feriram a nação expulsos do governo e cumprindo pena, atrás das grades pelo que fizeram. Daí sim, quando a nação voltar a ter um governo de homes responsáveis, pago o preço que me couber. Até La, no mínimo, desobediência civil!


Gil Celidonio Jr.
O zumbido da mosca

14/09/2015