quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O ministro Levi deve ter jantado com a Dilma, e comeu alguma coisa estragada! (Foi salada de canabis, ministro?)


Assistindo o jornal da Record, agora a pouco, ouvi o ministro Levi afirmar que as pessoas, famílias e empresas não se importariam de pagar “um pouquinho” mais de imposto, para tirar o PIS da crise!
Tenho que discordar, Sr. Ministro! E não é por falta de amor ao meu país, e sim por senso de justiça! Afinal,” quem pariu Mateus, que o balance!”
Não foram “ as pessoas”, nem as  “famílias” que promoveram a gastança eleitoreira, não foram as empresas que promoveram as “pedaladas”. Foi o governo do PT, aoqual oSr. Agora serve, que promoveu a gastança, em nome da manutenção do poder a qualquer custo, de maneira irresponsável e criminosa. Como pedir então aos cidadãos nacionais, que paguem essa fatura, enquanto os criminosos permanecem aboletados No poder? Vamos premiar o mau-caratismo petralha, dando a eles aquilo que fizeram “o diabo” pra receber? Roubo, fraude a até possivelmente, assassinato, (Celso Daniel, Toninho, e as testemunhas destes casos)?
Realmente, acho isso tão absurdo quanto tudo que o PT fez até agora! Na minha opinião, sacrifícios serão necessários sim, e somos nós, brasileiros, que teremos que arcar com eles, mas não antes, jamais, sem ter visto os culpados pagando por seus crimes, e a administração pública purgada dos ladrões!

O PT, Sr. Ministro, não tem autoridade moral para pedir sacrifícios a ninguém, e o Sr. Deveria saber disso! Ou então, devo supor que realmente comeu salada de canabis!

Gil Celidonio Jr. 
10/09/2015